Want create site? With Free visual composer you can do it easy.

Ao sair em viagem de férias com sua família, se você se decidiu levar animalzinho junto, precisa saber que ele necessita de alguns cuidados. Não basta apenas cair na estrada com todo mundo. Você precisa conhecer os cuidados ao levar seu pet na viagem para evitar transtornos para você, sua família, o animal, enfim, para todos, causando um estresse geral.

A viagem com pet se tornou cada vez mais tendência nos lares brasileiros. Os donos tem amor e apego que ficam com pena de deixar os animais em hotéis próprios ou com algum vizinho ou familiar. No entanto, para viajar com seus pets é preciso tomar certas preocupações. AS principais são com transporte, vacinação, se o hotel aceita ou não animais de estimação, entre outros.

Independentemente de qual meio de transporte será usado, carro ou avião, é fundamental que seu pet passe por um veterinário antes da viagem. Em qualquer tipo de viagem, é obrigatório levar a carteira de vacinação do animal. Outro documento necessário é o atestado de trânsito ou guia que deverá ser emitido pelo médico veterinário.

Viagens de carro

O local onde o animal será transportado no carro, varia de acordo com seu porte. Cães e gatos de pequeno porte precisam ser levados no banco de trás do carro, cadeirinha de transporte, coleira com cinto de segurança ou dentro de caixa de transporte do tamanho adequado.

Já os cachorros de médio e grande porte devem ser levados no porta malas de carros modelos SUV – utilitário esportivo. Eles também podem ser transportados no banco de trás na caixa de transporte. O pet não pode ficar com a cabeça para da janela, pois a pele em contato com o vento pode machucar.

A cada duas horas, é preciso parar o veículo para que o animal faça suas necessidades fisiológicas, tome água, ande um pouco. Comida só é recomendável, caso a viagem dure mais do que 6 horas e deve ser dada em pequena quantidade. Assim, evita que o animal vomite ou fique enjoado.

Não permita que a entrada do ar condicionado esteja voltada para o animal, pois pode causar ressecamento das vias aéreas e olhos.

 

Viagens de avião

No caso das viagens áreas, as exigências ainda são maiores. Para viagens para o exterior, a vacina antirrábica deve ser ministrada pelo menos um mês antes da data da viagem. Além de todas as outras vacinas que devem estar atualizadas na carteira.

Para evitar que o pet urine, vomite ou defeque na caixa de transporte durante o voo, ele deve ficar sem comer por 6 horas e sem tomar água por 3 horas antes do embarque.

E antes de organizar sua viagem internacional, se informe sobre as exigências e documento de cada destino. O Ministério da Agricultura disponibiliza essas informações.

Além disso, consultem também as companhias áreas, pois algumas não permitem o transporte de pet em certas rotas.

E lembre-se de levar acessórios, cobertor, objetos, brinquedos, com os quais seu pet está habituado. Ele precisa se sentir em casa para não entranhar tanto o novo ambiente.

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.